Vinho Tinto Errazuriz Max Reserva Merlot 2016

Descrição

Para quem não sabe, até 1994 a Carménère era confundida com a Merlot nos vinhedos do Chile (hoje, um dos poucos lugares no mundo em que se encontra a variedade originada da França). A semelhança entre as duas, quando cultivadas no Chile, é uma das razões para essa confusão ter durado tantos anos. A taça exala aromas de frutas tão vermelhas quanto o rubi que brilha – cerejas, framboesas e amoras parecem amadurecer diante dos nossos olhos -, mas esconde um fundinho herbáceo e especiado que lembram a Carménère: cravo-da-índia e folhas de louro. Trata-se de um vinho muito perfumado e sedutor, um Merlot que vai agradar muito quem já é fã da Carménère e está acostumado aos exemplares mais refinados da cepa. Extremamente macio e suculento no paladar, por onde as mesmas frutas vermelhas do nariz desfilam com calma, prolongando o sabor no final de boca. Este rótulo da Errázuriz é a opção ideal para uma noite de queijos e vinhos!

ATENÇÃO: Os vinhos comercializados podem sofrer alterações de safra mediante disponibilidade da importadora.

VER DETALHES
R$233,87
  • Produtor: Errazuriz
  • Produto: Vinho
  • Disponibilidade: Em estoque

Especificação

Produção
Produtor Errazuriz
País Chile
Safra 2016
Região Vale do Aconcágua
Características
Tipo Tinto
Uva Merlot
Teor Alcoólico 14%
Maturação O vinho matura durante 12 meses em barril de carvalho
Volume 750 ml
Degustação
Harmonização Tábua de queijos, risoto de cogumelos ou maminha no bafo
Características Gustativas Sabores persistentes de frutas vermelhas com algumas notas de cravo-da-índia
Características Olfativas Aromas de frutas vermelhas, como cerejas e framboesas, notas de especiarias e um toque de folha de louro
Temperatura 16°C a 18°C
Guarda Vinho para beber jovem
Produtor
História do Produtor Foi depois de viajar o Chile de norte a sul que Don Maximiano Errázuriz encontrou no Vale do Aconcágua o terroir ideal para as mudas europeias que trouxe para o país sul-americano em pleno século XIX. Foi pioneiro na exploração do Vale para a produção de vinhos finos e abriu as portas da vinícola batizada com o sobrenome de sua família em 1870. Os seus descendentes herdaram seu espírito visionário e consagraram seus vinhos mundo afora. Hoje, a vinícola é conduzida por Eduardo Chadwick Errázuriz que conta com o enólogo Francisco Baettig, um dos mais respeitados do Novo Mundo.

Comentários (0)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Aproveite os benefícios de uma das maiores adegas virtuais do Brasil!


Pagamento em até 12x sem juros via cartão!


Frete Grátis SP e Grande SP para compras acima de R$ 699,00!


Entregamos para todo território nacional!


Ganhe 5% no pagamento via boleto bancário!

Avise-me quando chegar

Caso queira ser notificado assim que o produto estiver disponível, entre com seu email.