Vinho Tinto Pichon Comtesse Lalande 2010 750 ML

Descrição

Este é um vinho tinto que tem todas as características tradicionais dos vinhos de Pichon Lalande. Com a forte presença da Cabernet Sauvignon, tem excelente estrutura, com uma predominância do sabor groselha negra. Aveludado, longo e extremamente elegante.

ATENÇÃO: Os vinhos comercializados podem sofrer alterações de safra mediante disponibilidade da importadora.

VER DETALHES
R$4.060,93 R$4.512,14

Especificação

Produção
Produtor Château Pichon Longueville Baron
País França
Safra 2010
Região Pauillac
Características
Tipo Tinto
Uva Corte | Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, Petit Verdot
Teor Alcoólico 14%
Maturação O vinho matura durante 20 a 24 meses em barril de carvalho
Volume 750 ml
Degustação
Harmonização Carne vermelha grelhada acompanhada por legumes grelhados
Características Gustativas Em boca, os taninos aparecem muito maduro e derretendo, revelando uma estrutura firme, incrível maciez, harmonia perfeita e uma longa persistência. Jovem, o vinho é sedutor sem prejuízo da sua longevidade
Características Olfativas O nariz é caracterizado por um buquê de aromas misturando groselha preta e violeta, baunilha e canela
Temperatura 16°C a 18°C
Decantação 120 minutos
Guarda Vinho de grande guarda
Pontuação
Robert Parker 95
Wine Spectator 90
Produtor
História do Produtor No século 18 os Châteaux Pichon-Lalande e Pichon-Baron era uma propriedade só. Mas foi no ano de 1850 com o falecimento do Baron Joseph de Pichon Longueville a propriedade teve que sre dividida entre os herdeiros da família. Foi então que o barão dividiu a propriedade entre seus cinco filhos, dois homens e três mulheres. A partir de então a propriedade começou a produzir dois estilos de vinho bem diferentes. em Pauillac. O que aconteceu foi o seguinte, Virginie a esposa do Conde de Lalande assumiu a gestão da propriedade sob o nome de Comtesse de Lalande sem herdeiros, foi passando de tios para sobrinhos. E foi no ano de 1925 que a família Miailhe comprou a propriedade e os irmãos Miailhe foram responsáveis por ter mais plantação de Merlot no château. Seguindo a tradição da gestão feminina, May-Eliane de Lencquesaing era filha de Edouard Miailhe assumiu o trabalho na propriedade. May-Eliane fez altos investimentos na vinícola, ela viajou o mundo de forma incansável e se tornou uma das grandes embaixadoras de Bordeaux. Os vinhos ganharam notoriedade mundial.

Comentários (0)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Aproveite os benefícios de uma das maiores adegas virtuais do Brasil!


Pagamento em até 12x sem juros via cartão!


Frete Grátis SP e Grande SP para compras acima de R$ 699,00!


Entregamos para todo território nacional!


Ganhe 5% no pagamento via boleto bancário!

Avise-me quando chegar

Caso queira ser notificado assim que o produto estiver disponível, entre com seu email.